ParanaíbaPolíciaÚltimas notícias

Problemas técnicos no telefone de emergência 190 de Paranaíba

A Polícia Militar de Paranaíba emitiu um alerta importante para a população local e arredores. O telefone de emergências 190, amplamente conhecido como um canal crucial para solicitar assistência policial, está enfrentando problemas técnicos que afetam sua disponibilidade.

De acordo com informações divulgadas pela corporação, algumas operadoras de telefonia móvel estão enfrentando dificuldades técnicas que impedem a conclusão bem-sucedida de chamadas para o número de emergência 190. A situação é preocupante, uma vez que a agilidade e a eficiência do atendimento de emergência dependem da acessibilidade ininterrupta deste número.

Diante dessa situação, a Polícia Militar de Paranaíba deseja assegurar à comunidade que medidas estão sendo tomadas para lidar com essa questão de forma proativa. A corporação está ciente da importância do serviço de emergência e da necessidade de mantê-lo operacional em todos os momentos. Como alternativa, a PM destaca que os cidadãos podem utilizar o WhatsApp através do número 67 9 9966 1190 para relatar emergências ou pedir assistência em casos de necessidade urgente.

Além disso, foram disponibilizados outros dois números de telefone para contato em situações de emergência: 3503 1393 e 36681190. Essas linhas estão em pleno funcionamento e podem ser utilizadas para buscar ajuda policial quando necessário.

A Polícia Militar reforça que já tomou medidas para relatar o problema às empresas de telefonia responsáveis pela indisponibilidade do número 190. A corporação está empenhada em resolver a situação o mais rapidamente possível, garantindo que os serviços de emergência estejam plenamente acessíveis à comunidade.

Portanto, a população de Paranaíba e região está sendo orientada a utilizar as alternativas de contato fornecidas pela PM enquanto os problemas técnicos persistem. A corporação agradece a compreensão da comunidade e reitera seu compromisso em garantir a segurança e o bem-estar de todos os cidadãos. A situação está sendo monitorada de perto, e atualizações serão fornecidas assim que houver mais informações sobre a resolução do problema.


Confira a nota na integra abaixo.

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta