Gato de Família é encontrado morto pendurado no portão de casa em Paranaíba

Uma noite que deveria ser tranquila e rotineira se transformou em um pesadelo para uma mãe de 28 anos e sua filha de apenas 04 anos, moradoras em Paranaíba. O terror se instalou quando, ao retornarem para casa após um jantar fora, depararam-se com uma cena macabra: o gato de estimação da família, morto e pendurado no portão de entrada da residência.

O incidente sombrio ocorreu na noite de domingo (03), e chocou a família. A moradora, consternada com o acontecido, decidiu compartilhar o terrível episódio em uma rede social, em busca de apoio e conscientização sobre a importância do respeito aos animais.

De acordo com o relato da mãe, a noite que começou com um jantar agradável rapidamente se transformou em um pesadelo. Elas voltaram para casa e se depararam com o gato de estimação da família pendurado no portão. A cena foi tão aterradora que a criança de 04 anos não conseguiu conter as lágrimas, passando a noite em prantos e sem conseguir dormir após testemunhar o horror diante de seus olhos inocentes.

No desabafo compartilhado nas redes sociais, a mãe não apenas expressou sua angústia, mas também fez um apelo emocionado por respeito aos animais por parte daqueles que não compartilham do mesmo amor pelos pets. O gato, de acordo com a família, era um animal doméstico que raramente deixava os limites da casa.

Em uma conversa exclusiva com a equipe de jornalismo do InterativoMS, a mulher explicou por que não procurou imediatamente as autoridades policiais. Ela alega que, até o momento, não tem ideia de quem poderia ser responsável por cometer um ato tão cruel e perturbador contra o animal de estimação de sua família.

Este triste cso não apenas abalou uma família, mas também serviu como um lembrete sombrio da importância do respeito aos animais e da necessidade de conscientização sobre os direitos e o bem-estar dos nossos amigos peludos.

Confira a publicação original abaixo.


Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.