Paranaíbense perde a vida em confronto com a Polícia em Campo Grande

Paranaíbense perde a vida em confronto com a Polícia em Campo Grande

Um paranaibense perdeu a vida em confronto com policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, na noite desta terça-feira (8), em Campo Grande. Segundo informações da polícia, José Martins Macedo, de 19 anos, tinha três armas na residência, entre elas, uma submetralhadora, e mais de 100 munições. O jovem nasceu em Paranaíba onde morou até os 14 anos e teria se mudado para Campinas – SP e retornado em seguida para a cidade Paranaíba.

Os policiais souberam da existência do armamento durante um patrulhamento na cidade de Sidrolândia, município distante a 57km de Campo Grande.

A equipe foi abordada por um cidadão, que não quis se identificar, relatando que um indivíduo que trabalha como motorista de aplicativo estaria fortemente armado e envolvido em um planejamento de ataques contra a vida de servidores da segurança pública.

Com as informações relatadas, os policiais saíram em busca do motorista até o identificarem no posto de combustível “Pé de Credo”, localizado na avenida Dorvalino dos Santos, esquina com a rua Ponta Porã, em Sidrolândia.

O motorista negou que teria participação no planejamento do crime, porém, informou aos policiais sobre a localização de uma casa em Campo Grande, onde uma pessoa estaria cuidando das armas.

Na Capital de Mato Grosso do Sul, os policias do Choque foram até a rua Beapina, 32, no Jardim Santa Emília, para confirmar a informação relatada pelo motorista de aplicativo. Ao entrar na residência, ouviram movimentações no interior da casa, gritaram “Polícia abra a porta” e receberam como resposta “Se entrar vai tomar”.

Ainda de acordo com os policias, após ouvirem dois disparos de arma de fogo, eles entraram na casa e encontraram o agressor com a arma em punho. Ele acabou ferido e foi levado até o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, onde foi constatado o óbito.

Munições e submetralhadora

Na casa foram encontrados envoltos em um lençol, embaixo da cama, três armas, sendo elas uma submetralhadora modelo ZK 383 Calibre 9mm com um carregador, uma escopeta Calibre 12 nº J672812 e uma Pistola 9mm Modelo MC21 nº E55288 com um carregador.

Ainda em buscas no imóvel foram localizados em cima do armário da cozinha, embaixo de uma vasilha de plástico, duas caixas de munições, calibre 9mm, marca PMC, totalizando 100 munições e 10 cartuchos de munição calibre 12 intactas marca ORBEA.

Todo armamento e munições encontrados juntamente com um aparelho celular e um caderno com anotações foram recolhidos no local pela equipe de perícia.

Fonte: G1

Da redacao

Da redacao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: