Organização pretende fazer tradicional cavalgada em novembro em Paranaíba

Organização pretende fazer tradicional cavalgada em novembro em Paranaíba

Os membros da COUC (Comissão Organizadora União das Comitivas) de Paranaíba estiveram reunidos com o prefeito Maycol Queiroz e com a secretária de Cultura, Débora Queiroz Oliveira, na tarde desta sexta-feira, 30, para anunciar a tentativa de realizar a primeira cavalgada do ano de 2021, respeitando as medidas de enfrentamento da COVID-19. Com a esperança de dias melhores, os organizadores escolheram a data de 14 de novembro, véspera de feriado e final de ano.

O evento terá que ser apreciado pelo Comitê de COVID. Na oportunidade, estiveram presentes: Antônio Carlos da Silva (Toinzinho do Morimoto); Washington Rodrigues de Mello Junior (Juninho Pimenta), Osvaldo Filho Queiroz Gomes (Bagunça), o veterinário Dr. Evandro Alves Martins, Otair José Alves Garcia (Baixinho da Selaria), professora Dorothea Rits, Tulio Henrique Cortez, Edilson Aparecido Alves (Lenga), Luiz Antônio da Silva, o locutor Toni Rabelo e senhor José Arnaldo Mesquita.

O presidente da COUC, Toinzinho, solicitou do Executivo apoio para a cavalgada.  “Se não fizermos alguma coisa para o que servimos? A gente tá aqui para ouvir de você se tem possibilidade, diante dessa pandemia, se acha que nesse período vai estar amenizado. Se tiver nós vamos levantar custos”, falou

O veterinário Dr. Evandro explicou que desde um ano os participantes terão que atender as exigências da plataforma digital do Iagro (Resenha Virtual). “Todo animal é cadastrado na propriedade e inserido no sistema. Para participar de eventos, tem que estar dentro dessa resenha virtual do IAGRO, com 4 fotos do animal, com coordenadas via satélite. Tem que andar muito correto e o animal tem que ter vacinação de influenza pelo menos 15 dias antes do evento. A vacinação de influenza é válida por um ano e o exame de mormo e anemia tem validade de 60 dias”, explicou.

O custo está em torno de R$ 120,00 para os dois exames (mormo e anemia) e vacina de influenza na faixa de R$ 30,00. A cavalgada, segundo os organizadores, fará homenagem às vidas ceifadas pela doença COVID-19.

O locutor Tony Rabelo falou da importância da Comunicação para homenagear muitas pessoas. “A Prefeitura tem essa estrutura de imprensa e a possibilidade de reunir as famílias para fazer algo bonito. Tendo um locutor específico cavalgada e um locutor específico Prefeitura, fica muito legal, são detalhes técnicos que devem ser preservados. Creio que essa cavalgada o pessoal tá com saudade, e, com muita responsabilidade a gente crê que tudo vai dar certo e tem tudo para ser uma cavalgada impar pelo momento”, ressaltou.

O presidente da Comissão destacou ser preciso envolver equipes da Saúde, Vigilância Sanitária e policiamento. “Como exigência para o evento o participante deve ter pelo menos a primeira dose da vacina contra COVID. O percurso será decidido, para fazer um trajeto menor e mais seguro”, reforçou.

O prefeito destacou que é preciso tomar cuidado, principalmente diante da situação de COVID-19. Falou da dificuldade inclusive de se voltar às aulas e realizar eventos. “Somos transparentes, trabalhamos certos. Estou sem rumo com o assunto Educação, como que um prefeito hoje fala: olha em novembro tem cavalgada? Esse compromisso para esse ano eu não posso fazer, mas para 2022 estamos prontos para ser parceiros. Quanto a este evento sua realização vai ser de inteira responsabilidade de vocês e terá que ser aprovado pelo Comitê da COVID”, explicou.

Maycol Queiroz ainda destacou que pretende apoiar todos os eventos em 2022, quando houver a liberação de festivas, inclusive com a criação de novas atrações e apoio para os tradicionais, como é a cavalgada organizada pela comissão.

“A nossa tradicional cavalgada no ano que vem será no domingo, dia 03 de julho de 2022 e já tem seu trajeto definido, sendo do Trevo da Fumaceira até o Parque de Exposições Daniel Martins Ferreira”, disse o prefeito.

Para o ano que vem a Prefeitura irá apoiar os participantes com o patrocínio de 1 mil exames.

DECOM – Luana Chaves

Da redacao

Da redacao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: