Mato Grosso do SulParanaíbaPolíciaÚltimas notícias

MS teve menos feminicídio, mas registrou aumento de violência doméstica e estupros em 2023

Um recente balanço divulgado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp/MS) revela nuances significativas nos índices de violência no estado, destacando quedas no feminicídio, mas aumentos preocupantes em casos de violência doméstica e estupro de vulnerável.

De acordo com o levantamento, o feminicídio registrou uma redução de 23% em 2023 comparado a 2022. No entanto, a violência doméstica apresentou um crescimento de 2,7%, totalizando 22.473 casos no ano passado. Já os casos de estupro de vulnerável aumentaram em 6,76%.

Violência doméstica em ascensão

Os registros de violência doméstica em Mato Grosso do Sul atingiram 22.473 casos em 2023, e nos primeiros 21 dias de 2024, já somam 1.195 ocorrências.

Estupro de vulnerável preocupa

Os dados apontam 2.619 casos de estupro em 2023 no estado, com um aumento de 6,76% em 2024, totalizando 79 ocorrências. Na capital, Campo Grande, os registros foram de 733 em 2023 para 25 neste ano.

Destaca-se que do total de registros de estupros no estado, 2.428 envolvem crianças e 1.683 são vítimas adolescentes.

Redução, mas ainda desafiador

Mato Grosso do Sul teve 31 casos de feminicídio, uma queda de 23% se comparado com o ano anterior, que contabilizou 42 mortes por ódio às mulheres.

Como Denunciar?

A Secretaria de Políticas para Mulheres disponibiliza o Disque-Denúncia 180, permitindo denúncias anônimas e gratuitas, disponível 24 horas em todo o Brasil. Em casos de necessidade imediata, o telefone da Polícia Militar, disque 190, deve ser acionado.

Contatos da DAM em Paranaíba para denúncias e assistência:

  • Telefones: (67) 3503 1266, (67) 98105 1266 (WhatsApp)
  • Endereço: Rua Rui Barbosa, 1680, Paranaíba/MS
  • Horário de Atendimento: 7:30h-11:30h / 13:30h-17:30h Seg-Sex

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta