Defesa de Lucio alega insanidade mental e julgamento é adiado

Defesa de Lucio alega insanidade mental e julgamento é adiado

O caso envolvendo Lucio roberto Queiroz Silva, 39, teve uma reviravolta nesta quinta-feira (09), com o adiamento do julgamento que estava marcado para a próxima semana. A defesa do acusado conseguiu que ele seja avaliado por um perito para que ateste as faculdades mentais de Lúcio.

O despacho aconteceu na semana passada, mas foi publicado no diário oficial da justiça nesta quinta-feira (09).

Um laudo particular foi anexado pela defesa junto ao pedido do adiamento para que Lucio seja avaliado por um perito que será designado pela justiça.

O caso

Lucio Roberto Queiroz da Silva, é acusado de assassinar a tiros a própria esposa e o suposto amante dela. Os crimes foram cometidos no dia 5 de outubro de 2019 em frente de familiares de ambos, inclusive do filho de Lúcio e do pai dele, que tentou impedi-lo de matar a esposa, sem sucesso.

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: