Vigias da Prefeitura de Paranaíba ficam sem receber pelos fins de semana trabalhados

Vigias da Prefeitura de Paranaíba ficam sem receber pelos fins de semana trabalhados

Os vigias das pastas de saúde e educação da Prefeitura de Paranaíba podem parar de trabalhar aos fins de semana por falta de pagamento das horas-extras trabalhadas no último mês, e corte do adicional noturno, que é direito trabalhista, os trabalhadores reivindicam ainda o pagamento de adicional por periculosidade.

O pagamento recebido nesta sexta-feira (29), assustou os trabalhadores, que tiveram os vencimentos bem menores que o valor que deveriam receber. Foram cortados o adicional noturno, direito de todo trabalhado que opera no período da noite. E não foram pagas as horas-extra trabalhadas.  Em um grupo de conversa os trabalhadores decidiram não trabalhar mais aos fins de semana até que a situação seja resolvida pelo executivo municipal.

Os trabalhadores não foram avisados dos cortes, e foram surpreendidos quando receberam seus vencimentos. Um dos vigias da saúde salientou ainda que o horário trabalhado foi expandido em duas horas a mais por dia, com a promessa que receberiam pelo trabalho excedente, porém o que houve foi o corte total das horas-extras, já trabalhadas.

Trabalhadores da pasta de obras envolvidos na limpeza da cidade também relataram que tiveram horas-extras trabalhadas não pagas. Após a publicação da matéria alguns agentes de endêmias entraram em contato com o InterativoMS e afirmaram que tiveram seus salários reduzidos com o corte de benefícios previstos em lei, sem que houvesse nenhuma explicação.

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: