‘O time que nunca perdeu’: conheça os segredos do Dourados Atlético Clube, invicto desde a fundação

‘O time que nunca perdeu’: conheça os segredos do Dourados Atlético Clube, invicto desde a fundação

Já pensou poder dizer que o seu time de coração nunca perdeu uma partida oficial? Os torcedores do Dourados Atlético Clube podem saborear deste privilégio. Fundado em 2020, o clube recém-criado já disputou oito jogos oficiais, entre a Série B estadual de 2020 e a Série A do campeonato sul-mato-grossense de 2021 e ainda não sabe o que é ser derrotado. A sensação do futebol de Mato Grosso do Sul pôde, ainda, comemorar o título da segunda divisão estadual, meses após sua criação.

O DAC, como é conhecido, foi criado após um hiato no futebol profissional na cidade de Dourados, tradicional no esporte de Mato Grosso do Sul. O município, que já foi sede de campeões estaduais, como Sete de Setembro e Ubiratan Esporte Clube, viu os clubes da cidade serem extintos ou pedirem afastamento de competições oficiais.

Foi neste cenário que entrou Marco Antônio de Araújo, presidente do Dourados. “Vimos que o município não tinha mais nenhum time profissional no cenário do estado e sabemos que essa é uma cidade que ama futebol. Procuramos, então, os empresários e também a administração municipal, para fazermos uma situação inovadora, com honestidade e planejamento”, afirma.

MONTAGEM DO ELENCO
Com visão de futebol além do campo, Marco conta que primeiro resolveu os trâmites burocráticos e, logo depois, já começou a preparar a montagem do elenco para a Série B estadual de 2020, que foi disputada apenas em 2021, em virtude da pandemia de Covid-19. Com parceiros empresários de Dourados investindo no novo clube, a primeira aposta foi em um nome conhecido no futebol sul-mato-grossense: o diretor de futebol Virgilio Ferreira.

“Escolhemos o Virgílio como gerente de futebol pela experiência que tem, campeão pelo Sete de Setembro e atual bicampeão do estado com o Águia Negra nessa função. Queríamos montar um time que jogasse para frente, atacando”, explica o presidente do DAC.

Virgilio conta que, desde que foi contratado, planejou um grupo que chegasse bem não só na Série B, como na Série A estadual. “Quando recebi o convite, comentei com o presidente que precisaríamos montar um grupo pensando também já na Série A. Assim, poderíamos preparar melhor a equipe na Série B e chegarmos numa condição melhor na primeira divisão, já que as outras equipes se apresentariam depois e com menos ritmo de jogo”, explica o diretor de futebol.

O planejamento deu certo: Com duas vitórias e dois empates na Série B, o time recém-criado conquistou o título invicto da segunda divisão estadual e chegou embalado para a Série A. O comandante do elenco é Robson Mattos, que foi técnico do Comercial na temporada passada e é descrito como “muito tático” por Virgílio.

Mattos conta que a preparação para a Série B foi difícil, com apenas duas semanas de treinamento, mas que o time entendeu a filosofia de jogo que ele propõe durante a segunda divisão estadual e vem apresentando bom futebol na Série A.

“Até o sistema de jogo, que hoje é o 3-5-2, foi se adaptando durante a Série B, até chegarmos ao que vemos hoje. A partir do jogo contra o União ABC, ainda na segunda divisão, conseguimos nos entrosar, entender melhor o trabalho, com muita pressão e triangulações no ataque. Nessa construção que estamos fazendo, devemos atingir um nível muito bom, com jogadores que se entregam demais, compromissados em fazer o DAC para que o time siga sua caminhada com vitórias e títulos”, explica o técnico.

Na Série A, o clube caiu no “grupo da morte”, contra o atual bicampeão estadual, Águia Negra, o atual vice-campeão do estado, Aquidauanense, o maior vencedor de títulos estaduais, Operário, além do Novo. Mesmo assim, o DAC venceu as 4 primeiras partidas na competição, com 100% de aproveitamento até a publicação desta reportagem.

ELENCO MOTIVADO E ENTROSADO
Para os jogadores, o sucesso do clube é explicado pelo entrosamento e a seriedade dos dirigentes. “O segredo é o trabalho feito desde o começo, com todos dedicados no que queremos fazer aqui no DAC. A montagem desse time é a principal engrenagem do clube, com jogadores experientes, acostumados a jogar no estado e até de fora, com boa bagagem. Temos conseguido jogar da forma que propomos desde o início”, diz o zagueiro e capitão Thiago Moura.

O artilheiro Adriano, com 8 gols em 2021, concorda com o capitão e comemora a boa fase. “Agradeço aos meus companheiros, minha família, amigos. Jogador precisa de confiança para estar bem e o elenco tem jogadores muito qualificados, com rodagem no estado e fora. Nos entrosamos bem e essa fase boa é fruto de todo elenco encaixado”, conta o goleador.

O zagueiro Renan, cria da base do Juventude (RS), acredita que o sucesso também seja fruto do projeto sério e ousado do clube. “Eles sempre cumprem todos os deveres. Temos uma ótima estrutura para trabalhar e são sempre responsáveis, o que sabemos o quanto é difícil ter no Brasil. Vejo que o Dourados tem muito a crescer e pelo potencial da cidade a tendência é o clube crescer muito. As pessoas aqui nos apoiam demais”, afirma.

APOSTA NO MARKETING
Sendo um clube recém-criado e em meio a uma pandemia, o DAC precisou apostar em ações nas redes sociais para atrair a torcida. O nome fundamental para este trabalho de divulgação ser realizado é o de Gabriel Ortiz, que produz fotos, vídeos e todo conteúdo exclusivo do Dourados nas redes sociais.

O clube se destacou por publicar, em suas redes, vídeos de bastidores de jogos, entrevistas de jogadores e até gols das partidas que disputou, algo incomum para as equipes de Mato Grosso do Sul. “Tivemos que criar as redes sociais do zero, mas tínhamos a necessidade de criar conteúdo para mobilizar as pessoas, especialmente os douradenses. Começamos, assim, a mostrar bastidores dos jogos e diversos outros conteúdos, para que o torcedor fique mais próximo do clube e dos jogadores”, explica Gabriel.

Aliado aos ótimos resultados dentro de campo, o trabalho fora dele deu certo: o clube já possui mais de três mil seguidores apenas no Facebook, com resultados que trouxeram retorno financeiro. “Essa interação com o público já nos trouxe novos patrocinadores, procura maior também pela compra de camisas. Está superando as expectativas”, emenda Gabriel.

A intenção do clube é de expandir ainda mais o marketing, com a criação de um canal no YouTube, podcast sobre a equipe e ainda a implementação do sócio torcedor. “A ideia é de que os torcedores tenham descontos de produtos oficiais do clube e, quando pudermos, na compra de ingressos para as partidas também”, finaliza Ortiz.

EXPECTATIVA DE TÍTULO
Com o início avassalador e sendo a “sensação” do futebol sul-mato-grossense, a expectativa agora é de que o DAC seja forte candidato ao título também da Série A, algo histórico para o time recém-criado. Para o zagueiro Renan, o sonho é possível. “Espero muito ser campeão da primeira divisão e conseguir as vagas para as competições nacionais. Quem sabe também conseguir uma renovação para poder participar dessas competições e entrar de vez para a história do clube”, conta o jogador.

O objetivo de diretoria e comissão técnica também é de ir em busca de mais conquistas. “Queremos trazer alegria para a cidade de Dourados e nada daria mais felicidade para eles do que um título da Série A do estadual”, afirma o técnico Robson Mattos.

O zagueiro Thiago Moura concorda com os companheiros de clube. “Com pouco tempo de trabalho, de clube, já conquistamos um título que, mesmo sendo da Série B, dá moral, ajuda a vir patrocínios, a conquistar a confiança da torcida da cidade. Espero que esse clube vá longe e represente muito bem não só a cidade de Dourados, mas todo o estado de Mato Grosso do Sul”, finaliza.

MANUTENÇÃO DA INVENCIBILIDADE
O Dourados lidera o grupo A do campeonato sul-mato-grossense, com 12 pontos em quatro partidas, e já pode garantir vaga na próxima fase do estadual caso vença o Aquidauanense, fora de casa, neste domingo (28). Apesar de jogadores e comissão técnica afirmarem que não se preocupam tanto com a invencibilidade, e sim com o desempenho dentro de campo, a partida vale a manutenção dos 100% de aproveitamento no campeonato estadual de 2021.

A partida em Aquidauana, que teve sua realização confirmada nesta sexta-feira (26), após a FFMS garantir à prefeitura da cidade que cumprirá totalmente com os procedimentos corretos de biossegurança, terá transmissão da TV Morena neste domingo (28), à partir das 15h.

Fonte: Globo Esporte

Da redacao

Da redacao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: