fbpx

O Quinto Chakra: Vishuddha

O Vishuddha Chakra é conhecido popularmente como chakra laríngeo ou da garganta, justamente por estar localizado na garganta.  Em sânscrito, Vishuddha significa “grande purificador”.

Este chakra está diretamente ligado as glândulas tireoide e paratireoide e devido a sua localização a nuca, queixo, ouvidos, órgãos da voz, traqueia, brônquios, região pulmonar superior, esôfago e braços influenciam no funcionamento deste ponto energético e vice-versa.

A energia do quinto chakra está relacionada com nossa capacidade de se expressar em muitos níveis. Expressar o que sentimos e o que queremos passar para os outros e também a capacidade de expressar nossa criatividade e os desejos de nossa alma. Sua ação está diretamente ligada ao poder de usar a palavra, de transmitir e expressar as ideias e emoções, ou seja a comunicação. Ele também faz uma importante ligação entre os chakras inferiores com os superiores. É um transmissor dos nossos conteúdos internos, como raiva, amor, medo, pensamentos, impulsos e reações ao mundo externo.

O quinto chakra é também o da purificação, o que significa que ele funciona como um purificador de tudo que absorvemos do universo e das demais pessoas, controlando de forma sábia o que emitiremos como resposta.

É o primeiro dos chakras superiores e nos convida a experimentar uma energia bem mais sutil, a sentir a vibração das coisas, ambientes e das pessoas. Começamos a nos comunicar também num outro nível que não é mais tão material e concreto. É o chakra que comanda a nossa comunicação, a potência da nossa voz, o alcance da nossa fala, mas também é o que nos convida a ouvir. Afinal, uma boa comunicação não é só falar, mas também ouvir.

Os ritmos, as vibrações, fazem parte da nossa vida, do nosso ser e de tudo o que resulta em comunicação. A comunicação é o meio que permite a consciência ir de um lugar a outro. A comunicação não é necessariamente verbal, ela é muitas vezes inaudível. É o princioio de conexão que permite a vida, quer ela se dê pelas mensagens contidas em nosso DNA, que formam as células vivas do nosso corpo, ou por escrito. Nossa civilização depende em grande parte das comunicações, este é o tecido que liga todos os nossos sistemas uns aos outros. O sistema de comunicação entre os indivíduos assemelha-se a um sistema nervosos cultural, que desempenha o mesmo papel.

O nível de consciência desse chakra controla, cria, transmite e recebe comunicações, quer provenham elas do interior ou do exterior, quer impliquem em um ou muitos indivíduos. É também o centro dinâmico de nossa criatividade, é o lugar onde nossas velhas ideias se transformam em novos conceitos.

No corpo emocional e com o quinto chakra em equilíbrio nos expressamos com total liberdade, criatividade e segurança. Também nos sentimos à vontade de assumir nossos conhecimentos, sentimentos e fraquezas. Desenvolvemos nele a capacidade de ouvir com generosidade e o acolhimento amoroso das ações mais delicadas que acabam promovendo maior independência de expressão e uma profunda alegria.

O mau funcionamento deste chakra costuma gerar muita dificuldade de expressão. Costuma também perturbar a comunicação entre a mente e o corpo. A culpa e medo inconscientes são bem comuns neste caso, acabam impedindo a espontaneidade e causando muita dificuldade em entrar em contato com seus sentimentos mais profundos. Pode também desenvolver tanta vergonha de suas percepções internas que o convívio social fica prejudicado por medo da opinião dos outros. A pessoa não vivencia nada para não correr riscos de não ser aprovada. Além disso pode gerar sentimentos depressivos; sensação de vazio na vida; transtornos de ansiedade; problemas respiratórios; problemas na tireoide; doenças de pele; falta de autocontrole.

Já, quando está equilibrado, este chakra nos permite uma melhor forma de se comunicar, e pode-se entender como comunicação o ato não só de falar com outras pessoas, mas também de compreender e conversar consigo mesmo, com o seu eu. Assim, o autoconhecimento torna-se maior, o que possibilita nossa evolução espiritual e o conhecimento aprofundado das nossas responsabilidades no mundo. Ele também auxilia na facilidade de comunicação; maior autoconhecimento; mais facilidade em ter percepção sobre o universo tanto físico quanto espiritual; maior consciência de nossos atos e responsabilidades; melhor qualidade das vias respiratórias; equilíbrio da tireoide; purificação de nossa energia.

Para equilibrar o Vishuddha Chakra cante! Entoe o mantra HAM. Ele responde muito bem ao som. Faça qualquer tipo de ruído que lhe agrade. Use roupas ou acessórios na cor azul celeste. Procure ingerir alimentos como: pimenta, hortelã, maçã, gengibre, romã, alimentos cítricos, blueberry. Procure, também, meditar visualizando uma faixa azul celeste em volta do pescoço. Faça isso durante 15 minutos por dia e sinta a diferença!

Características básicas deste chakra:

Cor: Azul celeste e turquesa.

Mantra: HAM.

Cristais: pedras na cor azul clara como: turquesa e água marinha.

 Elemento: éter e o ar. Namastê!


Fernanda Faquineti

Fernanda Faquineti

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: