fbpx

O caso BrasilCard deixa dúvidas sobre como o município está sendo administrado

O caso BrasilCard deixa dúvidas sobre como o município está sendo administrado
E nisso a mensalidade do nosso cartão continua a ser descontada, é um absurdo isso”, afirma servidor

 

 

 

Júlio C Pereira  Souza

 

 

 

Estreio essa coluna com um assunto delicado, aqui postarei uma série de textos sobre os fatos marcantes envoltos na política de Paranaíba, toda semana estarei falando sobre algum fato ligado a política do município ou do estado.

 

 

 

Paranaíba vive num silêncio profundo em sua administração, a cada dia surgem novas notícias sobre as mazelas sofridas pelos funcionários públicos, a última aberração que tem incomodado parte dos servidores vem em relação ao pagamento do cartão de crédito dos trabalhadores, que vem descontado em folha, e que os trabalhadores não estão podendo usufruir simplesmente por a prefeitura não repassar o dinheiro segundo a empresa responsável e o sindicato dos trabalhadores, isso se chama apropriação indébita, somado a improbidade administrativa pode se chegar a cassação do mandato do prefeito em caso de comprovação do caso.

 

 

 

 

Esse caso é muito grave e deve ser investigado pelos órgãos competentes, se o dinheiro saiu dos vencimentos dos trabalhadores que a cada dia lutam pela população, e não chegou a empresa BrasilCard, como afirmou na segunda-feira (06) o sindicato dos trabalhadores municipais, há de se verificar onde está essa quantia, que não deve ser baixa, o mínimo que a administração deveria fazer seria emitir uma nota, dando explicações aos trabalhadores e à população, pois se o dinheiro dos servidores pelo que parece não está sendo respeitado, o que mais pode está acontecendo com os nossos impostos.

 

 

 

 

Além da denúncia feita pelo sindicato, servidores relataram em redes sociais que tem recebido cobranças de empréstimos consignados que também são descontados nos honorários dos trabalhadores e não está estaria sendo repassado a um determinado banco, será que teremos trabalhadores sendo negativados por culta do executivo municipal? Um absurdo como esse não pode acontecer.


 

 

 

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: