fbpx

Nova imagem mostra detalhes do fenômeno de “Nuvem de Fogo” em Paranaíba

Nova imagem mostra detalhes do fenômeno de “Nuvem de Fogo” em Paranaíba
Nova imagem mostra detalhes do fenômeno de “Nuvem de Fogo” em Paranaíba

Pablo Nogueira

 

 

 

Uma nova imagem recebida com exclusividade pelo IntertativoMS, mostra o fenômeno que está sendo conhecido em Paranaíba como “Nuvem de Fogo”, de um outro ângulo, pela imagem é possível perceber a proporção das luzes que tomaram conta do céu paranaibense na noite de finados.

 

 

A leitora Julia Maldonado, que enviou a imagem disse que o registro foi feito a partir de uma chácara as margens do rio Santana, em uma área próxima à estação de captação de água da Sanesul, ainda conforme Julia, a luz vinha de muito longe e não havia como saber o que estava ocorrendo.

 

 

O caso

 

 

Uma nuvem de cor vermelha assustou alguns moradores de Paranaíba na noite de finados (02), entre as pessoas que flagraram o fenômeno está o empresário Junior Resende, que fez um vídeo nas proximidades da empresa Latasa, e deu um relato do que viu no local.

 

 

Junior afirmou que ficou impressionado com o fenômeno, e que nunca havia presenciado nada parecido. “É bem estranho por que a nuvem, por que quando é a queimada a nuvem fica avermelhada , com tom avermelhado superficial, e chega em um ponto menos relevante, só que essa cor avermelhada da nuvem estava bem mais extensa, bem mais alta, até a luz que estava no céu é quase raridade, um luz expondo de fundo, dessa forma ela sair do meio para cima é coisa muito rara, eu nunca tinha visto isso”, afirmou Resende.

 

 

Segundo outros relatos, parecia que o céu estaria pegando fogo, o que deixou parte da população intrigada, tentamos contato com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) no estado para saber se houve registro do fenômeno, porém não conseguimos contato.


 

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: