MS não terá mais toque de recolher

MS não terá mais toque de recolher

O presidente do Comitê Gestor do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia), o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, anunciou que o toque de recolher dos estabelecimentos comerciais estará suspenso a partir do dia 23 de agosto.

A decisão foi informada durante a coletiva de imprensa, em formato híbrido, realizada nesta terça-feira (17), com a participação do Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

Riedel explicou os fatores que levaram à decisão de suspender o horário de recolher. “Dois pontos foram decisivos, o primeiro é a diminuição na ocupação de leitos, resultado de todo esforço feito pelo Governo do Estado antes e durante a pandemia, no sentido de proteger o sistema de saúde e o segundo fator foi o avanço da cobertura vacinal”.

O presidente do Prosseguir reforçou que apesar da não limitação de horário, a limitação de ocupação dos estabelecimentos está associada ao mapa de grau de risco. “Vamos continuar monitorando. E reforçamos a todos que este importante passo exige de todos nós muita responsabilidade e comprometimento para que possamos avançar sempre”.

Geraldo Resende ressaltou a importância da vacinação no Estado e fez apelo para os mais jovens não deixarem de ir aos postos de imunização. “Podemos comemorar que hoje temos 20% dos casos que tínhamos em junto”.

O secretário falou da possibilidade de Mato Grosso do Sul encabeçar a terceira dose nos idosos e pediu a diminuição do intervalor entre as duas doses da vacina Pfizer. “Mato Grosso do Sul está pedindo que entre a primeira e segunda dose o intervalo diminua para 21 dias”.

Fonte: Ana Brito / Seinfra

Da redacao

Da redacao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: