Julgamento do assassinato de Valéria Ribeiro é adiado

Julgamento do assassinato de Valéria Ribeiro é adiado

O caso do assassinado de Valéria Ribeiro, 30, que iria a julgamento popular na próxima segunda-feira (28) foi adiado indefinidamente após uma liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul . Uma representante da vara criminal confirmou o fato, e acrescentou que os jurados designados para o caso estão liberados por hora.

Segundo consta nos autos obtidos pelo Interativo, a Defensoria Pública pediu o adiamento do julgamento até que sejam julgados os méritos do crime de ameaça contra a filha da vítima, que na ocasião presenciou o crime.

A defesa de Sergio da Silva Verginio alega que não há representação legal nas partes do processo, já que a vítima é menor, para que a acusação seja feita ao réu.

O caso

Valéria Ribeiro, 30, que foi vítima de tiros e facadas na noite de quinta-feira (14/05/2020) no bairro Santa Lúcia não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na Santa Casa de Paranaíba na mesma noite.

O autor do crime um Sérgio da Silva Verginío, 31, teria tentado suicídio após o crime, foi preso e socorrido na mesma unidade hospitalar.

Um vídeo que circula pelas redes sociais flagrou o momento que o autor desfere facadas em Valéria, e a filha da vítima em desespero ao ver a mãe ser morta, e a chegada da Polícia Militar ao local.

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: