Homem é condenado a mais de oito anos de prisão após estuprar mulher no banheiro da rodoviária de Cassilândia

Homem é condenado a mais de oito anos de prisão após estuprar mulher no banheiro da rodoviária de Cassilândia

O autor de estupro foi condenado a pagar uma indenização de R$ 10 mil a uma jovem de 20 anos, um homem de 26 anos, acusado de estuprá-la no banheiro da rodoviária na rodoviária de Cassilândia na madrugada de 16 de janeiro.

O autor teve a condenação publicada em Diário da Justiça na quarta-feira (7). Ele foi condenado a pagar à vítima a indenização de R$ 10 mil, como também, condenado a 8 anos e 9 meses de reclusão. O crime aconteceu em janeiro deste ano.

A jovem estava na rodoviária da cidade por volta das 3 horas da madrugada do dia 16 de janeiro onde tinha como destino Brasília, sendo que ao ir ao banheiro foi seguida pelo homem. Ele trancou a porta e fazendo ameaças de morte a estuprou e a mandou se despir.

O homem a segurou, tapou a sua boca e iniciou as ameaças de morte dizendo que era para ela ficar calada, e tirar suas roupas. Com medo, a vítima se calou. Como ela estava demorando a sair do banheiro, os familiares que aguardavam o ônibus junto da jovem foram ver o que havia acontecido.

Ao chegarem ao banheiro, perceberam uma movimentação estranha. A jovem foi chamada e respondeu “ele vai me matar”. Nisso quebraram a porta e iniciaram uma luta com o autor. O homem ainda tentou fugir, mas foi detido. A polícia foi acionada e o autor preso.

Relembre o caso

Uma mulher de 20 anos foi atacada e estuprada no banheiro da rodoviária de Cassilândia na madrugada de sábado (16) por volta das 02h55 da madrugada quando aguardava para pegar um ônibus com destino a Brasília, um homem de 25 foi preso e confessou o crime.

O estuprador seguiu a vítima até um banheiro do local e invadiu o box onde a mulher estava e com ameaças de morte a obrigou a ter relação sexual com o agressor. Familiares da jovem que a acompanhavam estranharam a demora da moça e um primo foi a porta do banheiro e a chamou, quando ela pediu por socorro.

O primo da jovem teria invadido o banheiro e conseguido conter o agressor, e acionado a Polícia Militar que realizou a prisão em flagrante. O autor confessou o crime e foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Cassilândia.

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: