Cidades vão vacinar todos acima dos 18 anos até semana que vem com imunizante da Janssen em MS

Cidades vão vacinar todos acima dos 18 anos até semana que vem com imunizante da Janssen em MS

Com a confirmação do recebimento de 150 mil doses extras da vacina contra covid da Janssen, Mato Grosso do Sul vai iniciar a imunização em massa de 13 municípios da fronteira a partir da semana que vem.

A vacina americana é de aplicação única e será utilizada para estudo epidemiológico conduzido pelo médico infectologista e pesquisador da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Júlio Croda. O estudo será realizado pelo grupo Vebra Covid da Fiocruz (capitaneado por Croda), com apoio da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e das universidades dos Estados Unidos de Stanford, Yale e Miami.

O especialista explicou que  todos acima de 18 anos que ainda não foram vacinados com outros imunizantes receberão dose da Janssen. “O objetivo é que [a vacinação] ocorra de forma rápida para ver o impacto da vacina em relação a imunidade coletiva para que possamos avaliar comparativamente. São 13 municípios [da fronteira] que vamos comparar pré e pós vacinação em termos de número de casos e óbitos com outros 13 municíipios similares”, detalhou.

Outro ponto que será avaliado pelos pesquisadores será a incidência da doença em crianças. “Avaliar a redução de casos das crianças [que ficarão de fora da vacinação], que é reflexo da imunidade coletiva e vamos comparar com quem foi vacinado com outras vacinas”, explicou.

Os estudos começam cerca de 2 semanas após a conclusão da vacinação, que é quando as pessoas estarão com a eficácia do imunizante, “mas vai ocorrer ao longo dos próximos 6 meses, vamos acompanhar se vai ter mais casos”, pontuou Croda.

Conforme o pesquisador, já está tudo pronto para início dos estudos. “Fizemos reunião com todos os prefeitos de fronteira, apresentamos o projeto, colocamos os pontos necessários e fizemosoo reunião com a coordenação do PNI [Plano Nacional de Imunização]”, finalizou o infectologista.

Os municípios que terão toda a população adulta imunizada são:

Corumbá

Ponta Porã

Ladário

Porto Murtinho

Caracol

Bela Vista

Antônio João

Mundo Novo

Japorã

Sete Quedas

Paranhos

Coronel Sapucaia

Aral Moreira

Cinturão sanitário

A mobilização para que MS recebesse doses extras envolveu grande mobilização política. “Fizemos solicitação para a bancada federal, os senadores de MS foram ontem de manhã ao ministro, governador fez ligações, a ministra Tereza Cristina ligou ao ministro para termos esse fundo de reseva, tivemos apoio do Conass e Conassems. Todos participaram dessa conquista”, disse o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende.

Fonte: MidiaMax

Da redacao

Da redacao

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: