Adolescente de 14 anos deveria matar taxista como prova para ‘entrar’ no PCC

Adolescente de 14 anos deveria matar taxista como prova para ‘entrar’ no PCC

Após a apreensão dos adolescentes nesta quinta-feira (4), suspeitos de esfaquearem e roubarem um taxista em Coxim, cidade a 253 quilômetros de Campo Grande, foi apurado que o crime estaria relacionado ao PCC (Primeiro Comando da Capital). Um dos jovens deveria cometer o crime como um ‘teste’ na facção.

Uma testemunha relatou aos policiais da 1ª Delegacia do município que os adolescentes tentaram furtar uma banca da Feira do Produtor um dia antes. Eles ainda chegaram a chamar um taxista aleatório para conseguirem fugir, sem chamar atenção.

No entanto, conforme o site Coxim Agora, os jovens não conseguiram cometer o furto e o taxista acabou indo embora antes da corrida acontecer, já que os adolescentes demoraram para aparecer. Também foi apurado que os jovens planejavam um latrocínio há dias.

Isso, para que o adolescente de 14 anos passasse pela ‘prova’ para poder se tornar integrante da facção criminosa.

Esfaqueamento

Taxista, de 64 anos, foi esfaqueado e assaltado durante uma corrida na noite desta quarta-feira (3). Por volta das 20h, policiais receberam a informação de que um paciente foi encaminhado ao hospital, vítima de tentativa de latrocínio. Chegando ao local, eles constataram que o taxista foi atingido na cabeça por coronhadas de arma de fogo, enforcado e esfaqueado pelos passageiros.

Segundo a esposa da vítima, o taxista recebeu um chamado solicitando uma corrida na região de um antigo laticínio da cidade. Durante o trajeto, um dos adolescentes teria solicitado que o taxista parasse o carro, pois estaria passando mal.

A vítima negou e, então, o assalto foi anunciado. Além das agressões, os infratores levaram a carteira do motorista, com cerca de R$ 800. Após o roubo, eles fugiram e abandonaram o taxista, que conseguiu chegar até o hospital.

Na madrugada de hoje (4), os quatro adolescentes foram apreendidos após serem localizados em uma kitnet no Bairro Senhor Divino.

Fonte: MidiaMax

Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: