fbpx

A salvação virá de baixo

A salvação virá de baixo

FELIPE CHAVES

Em algum momento de inescrupulosidade governamental, definiu-se que a democracia é a forma de governo ideal e mais adequada para a felicidade geral da humanidade. O pressuposto de igualidade e liberdade de escolha foi capaz de tornar este sistema não só o preferido de muitos, como idolatrado a ponto de rechaçar qualquer outra possibilidade, alcunhando qualquer opositor de golpista.

Não demorou muito para que a democracia começasse a mostrar suas garras, e para termos uma noção clara disso basta olharmos para o nosso governo. Se você é um eleitor do governo vermelho, parabéns, você ajudou a destruir o Brasil. Se você não votou nesta excelentíssima senhora que hoje nos governa, então sabe bem que não teve o direito de escolher coisa alguma, tão logo a democracia falhou para contigo.

Engana-se quem pensa que as manifestações do último dia 15 de março foram um exercício de democracia plena. Os protestos, na verdade, mostraram apenas a insatisfação da população brasileira com este tipo de governo e sistema político. Não por menos, muitos pediam a intervenção militar e até mesmo alienígena (há quem diga que também houve pedidos de intervenção satânica. Não há dúvidas de que satanás seria mais competente em sua gestão).

A grande jogada da democracia é fazer com que as pessoas acreditem que sabem votar. Infelizmente, a realidade é diferente. A realidade é como uma partida de xadrez, algumas peças podem ser movidas por várias casas, enquanto os peões andam apenas uma casa de cada vez. Esta é a situação atual do Brasil, demos o poder de voto a quem anda apenas uma casa.

No entanto, o xeque-mate foi dado. Esta partida ficou incontrolável para o governo vermelho. Já passou da hora de concluirmos o en passant e destituirmos o poder demasiado concedido aos peões. Resta à Dilma entregar a partida, entrar no Aerolula e dar tchau.


Pablo Nogueira

Pablo Nogueira

Jornalista, fotógrafo, editor chefe do portal InterativoMS e apaixonado por inovação e política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: